Posts com Tag ‘StralaRap’

Braba demais! Gavlyn é sinônimo de muito flow com rimas que ficam até altas horas. Este disco representa muito bem o rap cantado por uma mina. Vale muito ouvir esse pesado! DOWNAqui!

+Mais: http://gavlyn.bandcamp.com/

Shaw Mc soltou hoje (11.4.12) o EP “Introdução para Orquestra Simbólica”, a primeira parte do disco “Orquestra Simbólica” que vai contar com 20 faixas e tem lançamento previsto para junho deste ano. Para quem esperava coisa nova e com qualidade tem que ter esse EP com 9 faixas. DOWNAqui!

Shaw – Introdução Para Orquestra Simbólica (EP) (2012)

01-Intro 1 (Apresentação)
02-Intro 2 (A Orquestra Começa) O Mago (Prod. Shaw)
03-Intro 3 (Nasce o Vilão) Criando Monstros part. DJ Mako (Prod. Shaw)
04-Cotidiano 1 (O Início) A Área (Prod. Papatinho)
05-Cotidiano 2 (O Meio) Coração (Prod. Shaw)
06-Sonhos de Grandeza (Aliança Pt. 3) (Prod. Damien Seth)
07-A Fé (Reza Forte) part. Black Alien (Prod. Shaw)
08-Sonhos de Futuro – Na Saga (Prod. Dario)
09-Pausa Para Luxúria (Prod. Cabes)

Fazia tempo que não posto nada, mas pra compensar vai um rap gringo para deixar qualquer bom ouvinte estasiado. Arts The Beatdoctor é residente da área de Utrecht, na Holanda, e mostra no disco ‘Transitions‘ uma forte influência do jazz e com pitadas de efeitos eletrônicos.

É um rap com uma rima cadenciada com um flow único e atual, por isso que é música de primeira. O disco conta com participações de Pete Philly, Esther, Skiggy Rapz, Sense e The Proov.

Destaco a música que dá título ao álbum, Transitions, Revolve, Crazy Times, Remember… todas são f*&¨#. DownAqui!

Para conhecer mais: site – facebook – myspace.

Nascido e criado na zona sul de São Paulo, no Jardim Iporanga, o cantor e MC Rael da Rima viu seu caminho na música ser traçado ainda na infância. Em casa, o pai tocava vários instrumentos, e a mãe cantava. Herdou deles, além do gosto pela música, a facilidade para aprender sozinho.

Com o tempo, o som de nomes como Djavan, Tim Maia, Caetano Veloso, Jorge Benjor, Bob Marley e Racionais MCs entrou em sua vida. E a escola foi o seu primeiro palco.  Aos 11 anos, já fazia covers do Racionais. Aos 14, tocava maracatu na fanfarra do colégio.

Rael da Rima lançou seu primeiro disco solo em 2010, “MP3 – Música Popular do Terceiro Mundo”, em que, acompanhado por DJ e banda, acrescenta ao seu rap gêneros como jazz, dub, reggae e MPB, com algumas pitadas africanas. Para dar uma conferida nesse excelente trabalho é só CLICaAqui!

Um disco que se trata de uma verdadeira tijolada nos tímpanos. O disco ‘Nem Mártir Nem Messias’ não é tão novo, mas para muitos deve ser.  Lançado em 2005 pelo excelente compositor Hurakán, de Curitiba, o disco traz 20 faixas de pura reflexão perante a inspiração urbana. Gravado e Mixado por Hurakán no LAB:01, o disco ‘Nem Mártir Nem Messias’ potencializa o rap do sul do Brasil e mostra que em Cwb o rap é fortíssimo. DOWNAqui!

01- Música por Música (prod. Hurakán)
02- Fins de Tarde (prod. Hurakán – Scratches: DJ Jeff Bass)
03- Lusco Fusco (prod. Hurakán – Guita: Pedrinho)
04- O Mais Hardcore (prod. Hurakán – Guita: Pedrinho)
05- Comboio ft. Rapzodo e Andiara Muniz *R.I.P.* (prod. Hurakán)
06- Sistema de Consumo (prod. Hurakán)
07- Corrupção ft. Rapzodo (prod. Hurakán)
08- Como Um 8 (prod. Hurakán – Scratches: DJ Marc-T)
09- Deixa Pra Mim (prod. Nave)
10- Você Vai Lembrar (prod. Hurakán)
11- Mais um Dia (Perdidamente pt. 2) (prod. DJ Caique)
12- O Homem Azul (poema de Zezé da Silva) (prod. Hurakán)
13- Nem Mártir Nem Messias (prod. Drunk Sinatra)

O tão aguardado Top 10 discos de 2011 saiu. Esse ano foi de grandes conquistas no rap como a dominação na festa do VMB, realizado pela MTV, e a constante aparição de grupos e mc’s na mídia. Percebo que existem muitos rap’s de muita qualidade espalhados pelos 4 cantos do Brasilzão, mas falta divulgação. A proposta do StralaRap é fortalecer a cena divulgando o que é bom e que é feito de coração.

Posto os discos que chegaram até meus ouvidos e, que de alguma forma, foram relevantes no sentido auditivo na minha percepção. Claro que existem muitos outros artistas que fizeram diferença neste ano, mas destaco os que melhor trabalharam não só musicalmente, mas na divulgação do trampo. Download de todos, vale e vale muito! ENJOY!

CRIOLO – Nó na Orelha

CONE CREW DIRETORIA – Com os Neurônios Evoluindo

Re FLUXO – Relatos da prévia no tempo

SÃO NUNCA – Santo Forte

KAROL CONKÁ – promo 2011

OGI – Crônicas da Cidade Cinza

SLIM & THIAGO BEATS – Mais que Existir

EMICIDA – EP Doozicabraba e a Revolução Silenciosa

DONCESÃO – Bem Vindo ao Circo (Prod. Dj Caique)

PROJOTA – Não ha lugar melhor no mundo que o Nosso Lugar (mixtape)

No Protection é o nome de um remix dub do Massive Attack que é do segundo álbum Protection. O remix foi feito pelo produtor britânico Mad Professor. Mad Professor foi contactado por Massive Attack para remixar uma única música. Depois que o single foi remixada, a banda perguntou para Mad Professor ouvir mais do álbum para explorar a possibilidade de mais remixes. O projeto tornou-se então faixa por faixa remix de quase todo o álbum. Mad Professor fortemente editou o material original para formar uma mistura lenta e pulsante em que a batida é enfatizada, reverb é amplamente utilizado e os vocais ocasionais (muitas das faixas são quase inteiramente instrumental) fade in-and-out na moda dub típico, fazendo um mix, um pouco repetitivo, hipnótico. O resultado é sem dúvida mais textura do que o original, mas perde qualquer sentido do sentir jazz do disco “Protection”. DOWNAqui! 

Instrumental que te deixa embalado para qualquer sessão. Nem só de Van Damme vive a Bélgica e é de lá que vem o duo 40 Winks, e que é formado pelos produtores Padmo´ e Weedy. O som é o hip hop instrumental. Batidas graves, melodias doces com samples primorosos capazes até de acalmar o próprio Van Damme. Tem um pouco de downtempo e de triphop também. Serve de inspiração para vários sons e ocasiões. DOWNAqui! 

http://www.myspace.com/40winks