Arquivo de fevereiro, 2011

Uma Tribo  Chamada Indagação, essa é a tradução ao pé da letra deste grupo que influênciou gerações de rappers inovando com a mistura de jazz e hip hop e foi basicamente responsável pela popularidade de um novo gênero que dominou o som da Costa do Leste dos EUA no início dos anos 90.

A Tribe Called Quest foi formado em 1985 pelo rapper e produtor Q-Tip, pelo rapper Phife Dawg e pelo DJ e produtor Ali Shaheed Muhammad.  Foram lançados cinco álbuns em oito anos (o primeiro em 1990 e o último em 1998), os três primeiros discos foram muito aclamados, mas o grupo se separou em 98. Em 2006 o grupo se reuniu novamente para fazer um tour pelos EUA.

O grupo é considerado um dos ícones pioneiros do hip hop. A revista Allmusic considerou o grupo como “os artistas de rap mais inteligentes dos anos 90”. Em 2005, ATCQ recebeu o premio especial da revista Billboard na categoria R&B/Hip Hop, em Atlanta.

Vale a pena conhecer clássicos como “Bonita Applebum”, “Can I Kick It?”, “Check The Rhime” e “Jazz (We’ve Got)”.

 

A Tribe Called Quest – Can I Kick It?

Discografia:

Álbuns

1990: People’s Instinctive Travels and the Paths of Rhythm

1991: The Low End Theory

1993: Midnight Marauders

1996: Beats, Rhymes and Life

1998: The Love Movement

Coletâneas

1992: Revised Quest for the Seasoned Traveller

1999: The Anthology

2003: Hits, Rarities & Remixes

2006: The Lost Tribes

2008: The Best of A Tribe Called Quest

A Tribe Called Quest – Check The Rhime

Fonte: http://atribecalledquest.com

 

Anúncios

Sem sombra de dúvidas o grupo de Guarulhos SNJ (Somos Nós a Justiça) revolucionou, na metade da década de 90, o rap brasileiro. Letras abordando temas fora do insistente “espreme que sai sangue”, que até então dominavam o cenário na década de 80 e 90. O single “Mundo da Lua” de 1996 marca o antes e o depois do rap positivista trazendo uma nova proposta nas bases, nas rimas e principalmente no estilo, saindo do rap “gangsta falado” e dando mais dinamismo no flow.

Coloco no StralaRap o show do Sombra, ex-integrante do SNJ, que, segundo o autor que postou o vídeo, foi realizado na galeria Olido em 2007 com clássicos como Razante Louco, Mundo da Lua e Mano Eu Vou Ali Comprar um Chá.

Som que não sai do meu mp3 é esse disco “Sem Sombra de Dúvidas” de 2006 (trabalho solo do Sombra). Enjoy!

Sombra – Só o Pó

Sombra – Mundo da Lua

Sombra – Razante Louco

Sombra – Mano Eu Vou Ali Comprar Um Chá

 

Leser MC faz o rap de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, ter destaque com rimas apuradas e bases elevadas. Está na correria já faz tempo começando com o skate, passando pelo grafite, mas sempre se dedicando ao rap. Segue a pedrada do dia com o som Real Vida garimpado e postado somente aqui no StralaRap. Dica do Riacho from Facebook. Enjoy!

LEIA, faça o DOWNLOAD, ESCUTE, COMENTE

Um apanhado dos discos Relatoatividade (2006), O Som do Tempo (2007) e Prévia do Amanhã (2008) dão o tom do RE-Fluxo causado por remixagens feita pelo produtor GoriBeatz e com o talento nas mixagens do Arhur Moura. Valeu caras! Mais uma obra do rap para garimpar e apreciar. Feito uma coletânia para os novos fãs e uma releitura para os que já acompanham o trampo. A Cada Passo, Madrugada Revela e Poesia Ambulante (valeu pelo piano na base GoriBeatz) são algumas das minhas preferidas e ficam como dica de garimpo. O download é livre e o próprio grupo incentiva a ação. Parabéns.

Download do disco  RE-Fluxo – Relatos da Prévia

Saiba mais no Relatoatividade

Final do final de semana. Para começar segunda no sossego vai uma dica do meu camarada Wallace from Facebook-Áustralia >> Talib Kweli com o som So Low (prod. Chuko).

Cuidado com a tijolada nos tímpanos. BOOBA, ex-Lunatic. Saiba mais no post abaixo deste.

Lunatic é um grupo de rap Frances formado pela dupla Booba e Ali e seus primeiros trabalhos aparecem no cenário em 1996. Conheci esse grupo vendo o vídeo de skate 411VM acho que foi a edição #31 na sessão do estiloso e técnico JB Gillet (calça larga), isso foi em 2000. DOWNAqui!!!

As letras são inspiradas na atmosfera do bairro em que vivem dando um clima sombrio em suas músicas que enaltecem o crime, fato considerado um dos pontos fortes do rap Frances na segunda metade da década de 90.

O seu primeiro e tão aguardado álbum Evil Eye foi lançado em Outubro de 2000. Ele assina formalmente um rap violento, mas não desprovidos de sensibilidade. Mistura a crueza lírica e melancolia, servidos por uma produção instrumental boa. O sucesso é tanto crítica e público.

Booba seguiu carreira solo depois do fim do Lunatic e lançou Time Out em janeiro de 2002, disco que foi sucesso nas criticas chegando a ser disco de ouro.

Encontrei o clipe da música e disponibilizo aqui no StralaRap para os garimpeiros de plantão.

 Discografia: 1995: Sortis de l’ombre; 2000: Mauvais oeil Récompense (disco de ouro); 2006: Black Album

 Lunatic – Groupe Sanguin (disco: Mauvais oeil)